-->


 

TV - 15/11/2018 - 23:06:38

 

Fernanda Lima chora, mas não vai salvar "Amor & Sexo" do fim

 

Da Redação com agências

Foto(s): Reprodução TV Globo

 

Fernanda Lima do

Fernanda Lima do "Amor e Sexo"


Fernanda Lima anuncia que essa será mesmo a temporada de despedida do "Amor & Sexo", da Globo.

No ar desde 2009, a atração de Fernanda Lima voltou a perder em audiência para "A Fazenda", da RecordTV, e vem enfrentando uma grande queda de público.

No ar desde 2009, a atração de Fernanda Lima voltou a perder em audiência para "A Fazenda", da RecordTV, e vem enfrentando uma grande queda de público.

O programa da Globo mara 9,4 pontos de média na Grande São Paulo, ante 10,6 pontos do reality da Record, nas últimas apresentações e continua em queda.

Na média nacional, a audiência da atração despecou quase 70% de 2016 para 2018.

O programa estreou sua 11ª temporada em 9 de outubro de 2018 com a pior audiência de sua história: 10,4 pontos.

“É muito difícil fazer esse programa. A minha profissão nunca foi criadora de formato, roteirista, e escrever esse programa é muito difícil. O processo criativo é de um sofrimento terrível pra mim, fico longe de casa, dos filhos, do marido. Aí combinei [com a Globo] que esta seria a última temporada. É um momento bom, termina com uma imagem boa”, disse Fernanda Lima.

“Tô muito segura e assisto com prazer, sem medo de que alguém possa se assustar com o que está vendo. Acho que avançamos nos debates. A gente está discutindo gênero, sexualidade, num canal de massa. Quando a gente resolve botar a mão nessa cumbuca, também queremos aprender. Não sou superior a ninguém, não sou uma pessoa absolutamente aberta e sem preconceitos. Tive uma criação superconservadora, venho do Rio Grande do Sul, de uma cultura de machos como a maioria do Brasil”, comentou Fernanda sobre a atual leva da atração.

Fernanda Lima avaliou o desempenho do formato em razão do público do sábado ser mais conservador. “A gente fala de um assunto delicado ainda, mas os números são bons [16 pontos de média no dia 14 no Ibope em SP, em que cada ponto equivale a 69 mil casas]. Acho que as pessoas estão cansadas é do excesso de violência, ou de assuntos que possam constrangê-las, agredi-las. E a nossa ideia é totalmente contrária a isso, a gente quer amorosamente e divertidamente tocar em temas espinhosos, porque a sociedade precisa caminhar. Temos que falar disso para que as pessoas não sofram violência por questões ligadas à sexualidade”, completou.

;

Links
Vídeo


Últimas Notícias



Justiça Federal concede liberdade a vereadora de Santo André Elian Santana, SD


STJ solta petistas acusados de tentar matar manifestante anti-Lula


Átila, prefeito de Mauá, é preso novamente e PF faz buscas em gabinetes de 22 vereadores


Ramon Ramos será o presidente da Câmara de São Bernardo no biênio 2019/2020


Atirador de Campinas trabalhou como auxiliar da Promotoria de SP


Atirador mata quatro pessoas na Catedral de Campinas e se suicida